16/01/2019

Entre a boa e a má consciência

“ O que assegura nosso direito de pertencimento, sentimos como bom.” (Bert Hellinger) Bert Hellinger observou que as pessoas faziam coisas consideradas ruins com sentimentos de inocência e coisas boas com culpa e que o fator determinante para isso estava ligado, especialmente, ao seu vínculo familiar. Segundo ele, a boa consciência é o lugar conhecido, são as velhas verdades e a má consciência é o novo, as novas verdades, os novos caminhos. Adentramos na má consciência quando pensamos, sentimos e fazemos algo que não está em sintonia com as expectativas e as exigências das pessoas e grupos aos quais queremos […]