Quando você concentra na dor você sofre, quando você concentra na lição você evolui

“Tudo aquilo de que me lamento ou queixo, quero excluir. Tudo aquilo a que aponto um dedo acusador, quero excluir. A toda a pessoa que desperte a minha dor, estou a excluí-la. Cada situação em que me sinta culpado, estou a excluí-la. E desta forma vou ficando cada vez mais empobrecido.” (Bert Hellinger)

Se ao invés de excluir aquilo que lhe causa alguma dor ou desconforto, você incluísse, aceitasse, integrasse isso com todo o desafio que possa lhe representar e dissesse sim, foi como foi, seria possível tirar algo bom disso.

Ao integrar aquilo que te atinge, machuca ou afronta, você diminui o seu tamanho e percebe que nem tudo te pertence, que nem tudo deve caber dentro de ti. Assim, é possível deixar boa parte das tuas dores do lado de fora, sem internalizar elas, sem levar contigo algo que não é teu.

Incluir o que nos incomoda, reconhecer que faz parte e aceitar que as coisas são como são e que não temos a responsabilidade ou a capacidade de controlar tudo ou de mudar tudo diminui – e muito – o peso do fardo que colocamos em nós, nos tornando mais fortes.

Enquanto o seu foco for a dor, você continuará sofrendo. Somente quando você aceitar o que passou e focar na lição que isso te trouxe, você evoluirá.

Saiba mais sobre como o Life Coaching e a Constelação Familiar podem te ajudar.

 

 

Mariana Michelon
Mariana Michelon
Mariana é consteladora familiar formada pela Universidade de Caxias do Sul em parceria com o CELPI, Professional & Self Coach formada pelo Instituto Brasileiro de Coaching, advogada formada pela Universidade de Caxias do Sul.

Os comentários estão encerrados.