Por que as pessoas se sentem tão insatisfeitas com o trabalho?

Uma pesquisa realizada pelo Deloitte’s Shift Index nos EUA, revelou que 80% das pessoas estão insatisfeitas com seu trabalho. Um número muito alto e que mostra uma realidade preocupante. Mas não precisa ir muito longe para perceber isso, se você prestar atenção, existem muitas pessoas no nosso meio que reclamam do trabalho, são colegas, amigos ou até mesmo familiares que reclamam por não estarem felizes com o trabalho. Acordam sem vontade alguma de ir trabalhar e os motivos são diversos:
– Não se sentir valorizado como profissional;
– Não estar satisfeito com o salário;
– Trabalho altamente estressante;
– Não faz o que gosta;
– O chefe não é legal;
– Incompatibilidade com a equipe;
– E muitos outros…

 

Há uma lista enorme dos motivos para estar insatisfeito com o trabalho. Cada um com sua percepção, alguns sentem mais, outros menos, alguns mesmo insatisfeitos conseguem levar numa boa, aceitam os desafios e continuam vivendo e trabalhando no mesmo lugar. Mas aí eu pergunto a você que está insatisfeito:

  • O que tem feito para melhorar?
  • Tem procurado outro emprego?
  • O que faz você continuar em um emprego onde está insatisfeito?
  • O que te impede de buscar algo que realmente goste de fazer?
  • O que você acha que vai acontecer com você se continuar mais alguns anos trabalhando em um lugar, ou em determinado ramo onde está insatisfeito?
  • Como acha que vai estar a sua saúde depois de anos de insatisfação em relação ao seu trabalho?

 

É claro que não estou dizendo para abandonar tudo, a maioria das pessoas têm compromissos, muitos são pais de família, ou assumiram um algum financiamento, compraram carro, casa ou apartamento. Mas qualquer mudança pode ser planejada e ter um prazo para acontecer. Na maioria das vezes, não damos atenção para a possibilidade de mudança, mas é preciso estarmos atentos, pois estarmos infelizes no trabalho pode nos trazer sérios problemas e comprometer nossa saúde. De repente uma simples mudança de pensamento pode nos fazer a começar amar nosso trabalho, caso não funcione, o ideal é procurar nos mover para estarmos em um trabalho onde estejamos satisfeitos.

 

É preciso que fique claro: em todos os trabalhos, por mais maravilhosos que sejam, existem desafios, mas quando você gosta do que faz o desafio é o que te move, gera prazer e satisfação, pois você não mede esforços para superá-los. Porém, quando você não gosta ou não está feliz, os desafios são vilões, o stress é muito alto e você já sabe tudo que o stress pode causar ao nosso organismo, não é mesmo?

  • O que realmente você gosta de fazer?
  • Quais competências você precisa desenvolver para ter um trabalho onde você esteja satisfeito e feliz em desempenhar?
  • O que você pode começar a fazer agora para ter um trabalho que realmente você goste, que você se sinta feliz ao acordar todos os dias para ir trabalhar?
  • Que tipo de trabalho te deixa feliz? Em qual empresa você gostaria de trabalhar?
  • O que seria diferente nessa nova empresa que faria com que você se tornasse um profissional feliz?
  • O que te impede de buscar novas oportunidades de trabalho?
  • Tem medo do que exatamente?
  • Quem você acha que é responsável por sua infelicidade? 

 

Essas perguntas todas, são exatamente para que você se alerte de que é possível fazer mudanças em sua vida. Se não imediatas, a médio e longo prazo. Pense a respeito disso!

 

Rejane Bussolotto
Rejane Bussolotto
Personal e Business & Executive Coach formada pelo Instituto Brasileiro de Coaching, consultora comportamental (DISC – Assessment) e consultora 360°. Formação em Desenvolvimento Pessoal e Profissional, Practitioner em PNL (Programação Neurolinguística), neurocoaching e mentoring; formada pelo Instituto Eduardo Shinyashiki. Bacharel em Administração de Empresas com Ênfase em Recursos Humanos pela FSG (Faculdade da Serra Gaúcha), e MBA em Gestão de Pessoas & Coaching pelo Instituto Brasileiro de Coaching.

Os comentários estão encerrados.