O Poder de ser quem você realmente é

Recentemente Michele de Matheo foi convidada pela maquiadora Gabriele Backendorf para ajudá-la na criação de um trabalho para a escola em Londres Make-up: Mastered com o tema PODER.
Além se ser a modelo do trabalho, Michele contribuiu na construção e embasamento sobre nossa visão sobre o PODER.

Este tema foi investigado pelo propósito de argumentar sobre a beleza e o poder ser quem se é. A Chanel, em 2014, trouxe à tona o assunto empoderamento feminino. O empoderamento possibilita a emancipação individual da consciência coletiva, dá poder a quem desejar decidir e controlar seu próprio destino com responsabilidade e respeito ao outro. Poder em latim significa “Potere”, “ser capaz de”. E o questionamento que se levanta é: Ser capaz de quê? Qualquer que seja a resposta para esta pergunta, o ponto chave da questão é como encontrar essa capacidade, esse poder dentro de nós, essa beleza…

 

Ao mesmo tempo que a palavra “poder” parece simples, ela tem vários significados, interpretações e desdobramentos. O poder é a capacidade, faculdade ou autorização para realizar determinada ação ou atividade. No mundo da beleza, um dos aspectos que pode ser desenvolvido é que o poder está intrinsicamente relacionado ao sentido de valorização da singularidade, da liberdade de ser quem realmente se é. Retrata o verdadeiro empoderamento da mulher, o ato de tomar conhecimento sobre si, da sua beleza interior e exterior.

A mulher carrega consigo questões que lhe pertencem por todo sempre, que nasceram com ela e estão em seu íntimo. Algumas mulheres são quem são, outras precisam promover uma mudança de paradigmas e esteriótipos para aceitação de si mesma em primeiro lugar. Uma mulher precisa ter um espaço próprio, sem perder a feminilidade, que não significa fragilidade, mas sim uma mulher se reconhecendo em sua beleza de SER.

 

Desta maneira, pensando em nós, seres humanos, ao refletirmos o que nos faz ser quem somos, podemos interpretar que na direção de irmos nos constituindo, estamos sempre em constante construção, nesse construir-se se fazem presentes as identificações, as imagens e a cultura. É nessa dinâmica de estar vivo que vamos podendo nomear quem não somos, quem somos e quem poderemos ser, saindo do branco na direção do preto, ou do preto na direção do branco, ou quem sabe do branco e preto num enlace, norteando a beleza de ser.

O construir-se é a possibilidade de SER, de um sujeito poder nomear-se EU SOU, é ir tomando uma forma de ser, de um corpo que vai se delineando e se apresentando na sua beleza de SER. São as marcas das experiências vividas que vão deixando registros, do nascimento à morte, são os encontros e desencontros da vida que imprimem uma beleza de ser. De uma marca de poder ser quem realmente se é. (A personalidade é o princípio da individuação, da ideia do EU, um corpo, uma forma. Reage mecanicamente ao meio exterior, mediante as experiências vividas e gostos pessoais.)

A essência é a parte divinal do nosso Ser, nossa pureza, nosso eu interno. O amor é a essência de todo ser humano. Ao buscar o equilíbrio e a harmonia dessa dualidade, claro e escuro, essência e personalidade, potencializamos o que existe de melhor dentro de nós, o que naturalmente gera nossa verdadeira força, nosso poder.

Este é o posicionamento sobre o qual foi pensado neste trabalho, sobre o poder versus a beleza. O poder no sentido da valorização da singularidade, relacionado à liberdade de poder ser quem realmente se é. De uma mulher apresentar-se a partir da sua essência, seja ela delicada ou não, vitalizada ou não, alegre ou não, bonita ou não, mas que possa emergir toda a sua fragilidade, seus medos, seus amores, romantismos, doçura e tantos outros sentimentos. Uma mulher que se autorize a viver seus sonhos, suas vontades, seu querer, seus desejos. Que busca ser feliz com aquilo que carrega em seu coração, que por vezes, fica escondido, mas é o que lhe confere poder de ser, de amar, de viver. Tua essência é única e essa singularidade é o que a torna especial.

 

 

Michele de Matheo
Michele de Matheo
Tem formação em Marketing e Propaganda pela Universidade do Norte do Paraná, Self Coach, Professional Coach, Leader Coach, Analista Comportamental e Extensão Universitária pelo Instituto Brasileiro de Coaching.

Os comentários estão encerrados.