Mudança: a vida em movimento

Em um momento de inquietação, resolvi assumir o que estava sentindo e buscar auxílio. Existia uma inquietação, mas eu não conseguia traduzir de fato o que representava. Estava incomodando demais, volta e meia se acomodava, mas logo aparecia novamente.

E aí não fiquei apática diante essa situação, com uma indicação de uma pessoa e profissional que admiro muito, cheguei a uma profissional de desenvolvimento humano. Foi então que iniciei um processo de coaching, que não foi tão simples como achei que seria, foi muito além de uma análise de currículo, de conhecimentos e habilidades e sim foi algo mais profundo e revelador: o autoconhecimento.

Foram sessões, aliás, encontros, produtivos e instigadores, alguns mais práticos, outros mais reflexivos e diria que alguns até mais difíceis de entender, aceitar, mas todos eles me deixavam sempre uma lição, uma vontade der ir para o próximo com ainda mais inquietação do que estava por vir.

Sempre me reconheci com uma pessoa inquieta, movida por mudanças, mas quando fizemos uma dinâmica, em um dos nossos encontros, isso ficou latente, ficou nítido de como anseio por desafios e mudanças. As mudanças sejam elas do tamanho que forem, precisam ter significado, fazer sentindo, ou ainda mais ressignificar algo.

É isso que quero falar, como a vida pede movimento, como é importante que existam esses momentos, de reconexão consigo para então permitir viver essas mudanças. A grande maioria das pessoas não se permite viver as mudanças, por medos, crenças, zona de conforto e muitas outras coisas. Toda mudança transforma, após uma mudança não voltamos à forma original, algo acontece conosco, seja na nossa forma de agir, pensar ou sentir.

Desejo sempre, sempre, que as mudanças sejam positivas, que a cada processo de mudança aumente nossa confiança para as próximas que virão e que, além disso, a gente busque de forma consciente ou até mesmo inconsciente, por essas mudanças.

Sim, porque às vezes está no nosso íntimo, nos nossos desejos e sonhos, e elas irão acontecer, só precisamos permitir e agir! Sou da opinião que podemos decidir pelas mudanças e não daquelas que deixam que a vida decida por elas. Sempre sofro mais pela decisão da mudança e não pelo processo em si, quando assumimos a mudança entendo que se verdadeiramente assumirmos isso, a mudança irá acontecer de forma natural, toda a energia irá fluir a favor, as forças estarão vocacionadas a fazer dar certo e nós também!

Precisamos prestar a atenção aos sinais e principalmente sermos responsáveis pelas mudanças, assumirmos os riscos de forma autêntica como matar no peito por aquela decisão, se assim fizermos, tenho certeza que darão certo.Haverá obstáculos, desafios, julgamentos, mas se tivermos conscientes de tudo e principalmente sendo protagonista dessa caminhada, confio e aceito que dará certo, será feliz o processo como um todo, fará sentido! A vocês desejo mudanças e que a vida esteja sempre em movimento.
Mude-se!

Silvia Leticia Meneguzzo
Silvia Leticia Meneguzzo
Movida pela experiência pessoal, trabalha no desenvolvimento de mulheres para a sua melhor versão e tem enorme desejo de ver significado em sua vida e na vida das pessoas. Acredita que a mulher precisa estar bem com ela mesma, com suas necessidades, desejos e sonhos atendidos. Assim, tudo ao seu redor fluirá de forma harmoniosa, principalmente a relação mãe e filho(s). É desse universo tão complexo e ao mesmo tempo tão singular, que tem como missão alavancar mulheres a ter clareza do caminho. Auxiliando-as a olharem para si, com amor e cuidado e a se reconectarem consigo mesmas. É preciso ir além, fazer sentido e sentir!

Os comentários estão encerrados.