Dieta não, adote um novo estilo de vida

O maior erro quando você quer emagrecer é querer fazer algo que nunca fez, de uma forma muito radical. Imagine uma pessoa que passou 25 ou 30 anos de uma forma sedentária e, de uma hora para outra, levanta do sofá e resolve que quer correr. Se ela resolver logo na primeira corrida, correr 10 quilômetros, é provável que ela se machuque, provoque uma lesão ou até mesmo um desgaste físico muito grande que vai fazer com que ela não saia mais para correr. Fazendo isso, ela vai associar a corrida a uma sensação ruim, de dor, cansaço, exaustão e sempre que decidir correr vai lembrar desse sentimento e não terá ânimo para iniciar uma nova corrida.

Agora, pense nessa mesma pessoa que resolveu que iria desenvolver a habilidade de correr, para isso, ela desenvolve um planejamento de evolução na corrida, começa com pequenas caminhadas, depois arrisca os primeiros metros correndo devagar, logo após já arrisca alguns quilômetros e quando ela percebe já está correndo muitos km sem desgaste físico e emocional. Desta forma, ela vai aliar a corrida ao sentimento de superação, de se desafiar e vencer os seus próprios limites, vai perceber que a cada dia que sai para correr, ela pode ir um pouco além, vai se sentir vencedora e vai descobrir a sua própria motivação para continuar correndo até que a corrida se torne um hábito na sua vida.

“Não comece uma dieta porque ela terminará um dia, adote um novo estilo de vida que você consiga sustentar pelo resto da sua vida.”

Quando falamos de alimentação, o nosso comportamento é exatamente igual. Se você precisa emagrecer, inicie com pequenas metas, aos poucos, vá introduzindo alimentos bons e tirando alimentos ruins da sua rotina, descubra aos poucos alguma atividade física que te proporcione prazer. Busque um estilo de vida que você vá conseguir sustentar pelo resto da sua vida, algo que você acredite, que faça sentido para você e não para o outro, algo que esteja de acordo com a forma que você escolheu levar a sua vida.

Dessa maneira, seu emagrecimento será definitivo e não passageiro. O radicalismo, a autocobrança e os excessos vão te deixar cada vez mais distantes de um emagrecimento saudável. Mude o seu comportamento alimentar, escolha o que o que você quer para sua vida e faça movimentos para viver a vida que você escolheu viver, assim o seu corpo será somente uma consequência de toda essa transformação.

NÃO FAÇA DIETA, encontre o estilo de vida mais adequado para você e desfrute do bem estar que a construção da sua própria trajetória vai te causar.

 

Natália Pezzi - Autora Convidada
Natália Pezzi - Autora Convidada
Self Coach, Professional Coach, Life Coach, Leader Coach, Analista comportamental e Extensão Universitária pelo Instituto Brasileiro de Coach - IBC. Vivência em Emagrecimento e Resgate da Autoestima. Formação em Biomedicina pelo centro Universitário Feevale.

Os comentários estão encerrados.